(61) 98609-0981

NO AR

Alternativa FM Sobradinho-DF

alternativapopularfm.com.br

Cidade

Projeto sobre fechamento de condomínios do DF deve chegar ao Legislativo até abril

Coluna Capital S/A, por Jéssica Eufrásio (interina)

Publicada em 26/01/22 às 09:20h - 65 visualizações

por Alternativa FM Sobradinho-DF


Compartilhe
 

Link da Notícia:

 (Foto: Alternativa FM Sobradinho-DF)

A versão preliminar do que se tornará um projeto de lei complementar (PLC) que dispõe sobre o fechamento de condomínios e loteamentos do Distrito Federal está na fase de ajustes finais. Nos últimos dias, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) divulgou a minuta da proposta que será encaminhada à Câmara Legislativa e abriu a última etapa de consulta pública para sugestões de mudanças no documento. A previsão é de que o texto chegue à Câmara Legislativa até o início de abril.

Acesso com restrições
Na prática, a proposta afetará, principalmente, regiões de condomínios como aquelas em Sobradinho 2 e no Jardim Botânico. A legislação, em estudo desde 2019, pretende definir critérios, limites e parâmetros para o fechamento dessas áreas, a depender dos tipos de vias e lotes na região. Às entidades representativas dos moradores, caberá escolher se há interesse em ter exclusividade sobre o uso de espaços públicos internos, caso se tratem de loteamentos com acesso controlado. No entanto, a Seduh ainda terá de avaliar a possibilidade de restrição da entrada de pessoas de fora.

Outorga de uso
Para análise de qualquer pedido nessa linha, os condomínios deverão estar com o processo de regularização fundiária em dia ou concluído. Se liberado o uso da área pública pelos loteamentos, os condôminos vão arcar com valores de outorga proporcionais ao tamanho do terreno ocupado, com preços que variam de acordo com a região administrativa — para até 20%, não haverá cobranças. A medida funcionará como forma de incentivar a regularização e combater a ocupação irregular de áreas públicas, segundo a Seduh.

Menor impacto
“O tipo de concessão de uso será proposto pela entidade representativa dos moradores e avaliado pela secretaria. E o condomínio deverá comprovar que o uso exclusivo não vai gerar prejuízos para a região em geral. O mais importante é o aspecto urbanístico. A preocupação da Seduh é permitir, sim, a manutenção do que está instalado, mas de forma a ter o menor impacto para a população”, comenta o secretário executivo de Licenciamento e Regularização Fundiária da Seduh, Marcelo Vaz.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Facebook
 Instagram
 Twitter
 Youtube







.

LIGUE E PARTICIPE

(61) 98609-0981

Visitas: 16392
Usuários Online: 46
Copyright (c) 2022 - Alternativa FM Sobradinho-DF
Converse conosco pelo Whatsapp!